Como os bichinhos na sua barriga controlam você



Olá a todos, somos do QdC e começamos esse ano famintos por mudança!!!


Dentre várias predições, apostamos que neste ano as pessoas começariam a se atentar para a importância que um intestino saudável. Vários médicos e pesquisadores estão também apostando nisso.


Esse é nosso primeiro post de "predições saudáveis".

Toda última sexta do mês um assunto novo explicando melhor sobre nossas previsões!



Vamos então ao que interessa..


Já ouviu a frase que o intestino é seu segundo cérebro?


Quem fala muito sobre isso é o simpático Dr. Flávio Quilici (gastroenterologista e coloproctologista).

A 'estória' começa tratando o intestino não apenas como um ‘escape’ do corpo mais sim um dos órgãos mais importantes.


Após ler este post assista aqui a entrevista de Quilici no Jô Soares.


Toda essa importância dada ao intestino se deve pelo fato de lá existirem trilhões de bactérias, a maioria delas benéficas, que desempenham os mais diversos papéis em nosso corpo. Defesa, digestão, absorção, imunidade, entre outros.


Podemos também chamar a relação entre esses ‘bichinhos’ na sua barriga com o seu corpo de microbioma.


O assunto aqui é inesgotável. Muitas teorias, muitas descobertas e muita lógica em tudo.


A grosso modo temos em nosso intestino um reflexo da vida que levamos, das doenças que teremos ou da saúde que aproveitamos hoje. Para simplificar e tornar este post prático separamos três fases de nossas vidas e discutiremos pontos interessantes que um intestino saudável pode ter em cada uma destas etapas.


Vamos à elas...


.........................................


1- Saúde da criança

  • Sua mãe tomou antibióticos durante a gravidez?

  • Corticóides?

  • Você nasceu de parto normal ou cesária?

  • Por quanto tempo você mamou no peito?

  • Quando criança, qual a periodicidade que tomou antibióticos?

Estas perguntas aparentemente normais podem ser perguntas que respondem os possíveis problemas que temos hoje. São perguntas que, segundo especialistas, influenciam ou irão influenciar sua saúde em algum momento da vida. Em suma, são perguntas que podem ajudar a aferir a saúde intestinal de um indivíduo.

Asma, alergias e intolerâncias hoje estão sendo estudadas a partir disso.


Lembra dos lactobacilos vivos? Daquela bebida fermentada famosa entre crianças e adultos?

Estes seres (‘bichinhos’, melhor dizendo), influenciam nossas vidas mesmo antes de sairmos da barriga de nossas mães. O tipo de bactérias que recebemos de nossas mães, tanto na gravidez quanto no parto, estudos afirmam, vão ajudar a formar nosso microbioma intestinal.



As bactérias que a criança recebe no parto normal (do microbioma vaginal - Lactobacillos), por exemplo, tendem a beneficiar a saúde do bebê. O mesmo é válido para a amamentação através do leite materno ou do leite em pó. E, o mesmo raciocínio é pertinente para os antibióticos. Eles podem atrapalhar o desenvolvimento do microbioma intestinal e comprometer a saúde que o bebê terá na vida adulta.


........


O Dr. Flávio afirma que a microbiota do bebê se firmará aos dois anos de idade.

Antes disso todas estas situações podem influenciar a vida da criança. "Talvez seja por isso que os antigos diziam que brincar na terra era bom".


Quando, em uma pesquisa, foi comparado o microbioma de crianças africanas com o de crianças européias, notou-se nestas em relação àquelas, uma diferença dos níveis de bactérias eficientes em extrair mais calorias dos alimentos (Firmicutes).


Fato esse que pode ajudar a explicar as diferenças de tendências à obesidade em crianças de zonas rurais e de zonas urbanas.



Sentiu o tamanho do problema?? Avancemos!



2- Vida adulta


Pensando que não podemos mudar a forma como nascemos, nos resta apenas mudar o AGORA.


A boa notícia é que isso é possível!

Podemos mudar nosso microbioma para poder alcançar um estilo de vida vencedor


Tudo começa escolhendo as coisas que comemos e os hábitos que teremos.


......


A saúde do cérebro começa no intestino”.


É assim que o Dr. David Perlmutter, autor de ‘Amigos da Mente’ e ‘A Dieta da Mente’, se refere à importância de um intestino saudável.


Um microbioma fraco leva a uma porção de fatores que tornarão seu cérebro fraco. E quando isso acontece...não existe segredo.


Seu rendimento despenca,

sua autoestima vai p/ o espaço e

sua vida parece que não caminha na velocidade que gostaria.



Quer uma dica de ouro para vencer na vida? Coma bem!



......


Tomemos como exemplo um caso perfeitamente comum nos dias de hoje: a depressão.


Existe uma correlação muito forte entre a depressão e a deficiência de algumas vitaminas no nosso corpo.


Vitaminas como a B12 além de chegarem ao nosso corpo através de uma dieta balanceada, são também produzidas no intestino utilizando nutrientes básicos. Uma vez que há falta de vitaminas, as funções cerebrais estarão também comprometidas. Não é a toa que existem melhoras significativas em casos de depressão utilizando suplementação de vitaminas (SHAFFER, J. et. al., Vitamin D Supplementation for Depressive Symptoms: A Systematic Review and Meta-analysis of Randomized Controlled Trials).


Houve um tempo que estudar doenças e associá-las com padrões alimentares era “anticientífico”.


Muito disso veio da venda de remédios, um mercado altamente lucrativo com poder para ditar as regras do jogo. Para nossa alegria isso vem mudando e pesquisadores do mundo inteiro estão lutando para provar e convencer a todos que: realmente somos o que comemos.


....


Mau humor, colesterol alto, antibióticos em excesso, insônia, depressão, inflamações e uma série de outros males podem SIM ser evitados na maioria dos casos com a alimentação.


-- vamos agora à ultima fase da vida --


3- Melhor idade


Alguns chamam também de terceira idade.


Todo mundo conhece algum velhinho(a) que é um exemplo de vida para os mais jovens.

Eles sim sabem comer. Trabalharam duro e agora estão aproveitando a vida.

Estão curtindo os netos, as férias eternas e aproveitando seus dias...



Uma época bonita da vida mais que infelizmente cada vez mais está difícil.


Problemas de aposentadoria, discriminação e saúde assombram a grande maioria. Uma época que é feita para ser ótima, torna-se muitas vezes sofrimento.


Essa é a época da vida que, em geral, ficamos mais doentes.

Doenças do cérebro, do coração, do sangue, dos óssos, doenças nos olhos, nas articulações ou em qualquer outra parte do nosso corpo.

Tudo em nós é propício a “dar defeito”.

Somos literalmente uma máquina. Uma máquina única e exclusiva.

Dificilmente somos iguais uns aos outros e mesmo se fizemos tudo igual, em duas pessoas podemos ter resultados completamente diferentes.


Infelizmente mudanças pontuais não dão tanto resultado quanto gostaríamos.


Como dizia o médico centenário Steven Smith:


Cuide de seu estômago durante os primeiros 50 anos, e ele cuidará de você nos 50 seguintes”.


O que ele, com certeza, estava querendo dizer é para cuidar do intestino. Não adianta, esse é o segredo da felicidade na melhor idade.


Reclamamos todos dias de doenças, mas muitas vezes não paramos para pensar que fazemos nada para mudar a situação.


Reclamamos das limitações da medicina, da privação dos remédios, das filas e das falhas governamentais.


Reclamar quase sempre é mais fácil que fazer algo pra mudar.


Reclamar ou tentar mudar a situação quando a bomba Já estourou é sempre o mais comum.


Nesse caso virar o jogo É a melhor opção.


Tentar fazer algo por você mesmo, é, sem enrolação, COMER BEM!



Como disse Hipócrates...


faça da comida seu remédio e do seu remédio a comida

.....................


Bom.. apresentamos aqui um panorama sobre a importância que o intestino pode ter nas nossas vidas e dos nosso filhos. Claro que temos que analisar tudo isso com cuidado. Cesarianas e antibióticos salvam vidas. Em hipótese alguma precisamos ser radicais. Entretanto, precisamos estar atentos às ‘comodidades’ da vida moderna.


Não se convenceu sobre o assunto? ‘Consuma’ os vídeos e livros que indicamos e mais importante: faça um teste com você mesmo. Coma melhor e sinta a diferença. Um mês é suficiente para MUDAR sua vida e você nunca mais querer ser o mesmo(a)!


Quer saber como comer melhor? Entre em contato conosco que açodaremos você de formas para ser saudável. Uma dica: começe com os sucos (confira AQUI)!


Discuta mais sobre o assunto. Conte o que gosta de fazer para manter seu intestino saudável e o que funciona para você! Deixe um comentário!


e … até a próxima! lembrando que a cada última sexta-feira do mês abordaremos um assunto que consideramos ser uma ‘predição saudável’. Faremos isso até o final do ano.


#bonshábitos


Em destaque
Post recentes
0

© 2014 por Minimercado QDC - Questão de Comida. Aviso legal da empresa.

Ponta Grossa - PR. Rua Alberto Torres, 76 - Vila Estrela - CEP 84040-190 - como chegar

Telefones: (42) 3323-7710 ou (42) 99954-5344