Predições saudáveis para 2016


Muito bem vindos à 2016!! Para este ano, um de nossos trabalhos será predizer as tendências saudáveis de 2016. Quais virão para ficar? Quais serão as mais úteis? as mais fáceis e também quais serão somente manchete de uma revista de tititi.

Para começar escolhemos 12 tópicos consistentes e que consideramos realmente não ser balela sensacionalista.

Durante todos os 12 meses do ano faremos um artigo por mês sobre cada um destes 12 pontos. Aprofundaremos os assuntos e estaremos discutindo com qualquer um disposto a se interar sobre os assuntos. Por isso, fiquem a vontade para interagir!!!

Vamos às previsões….

1- 2016 é o ano do intestino

Alimentos e bebidas fermentadas que ajudam na saúde do intestino serão os aliados dos médicos que já associam medicina com nutrição. Um intestino saudável é essencial para uma saúde boa bem como também para a prevenção e cura de doenças crônicas ou alergias. O tema está em alta e por isso é uma ótima predição para 2016.

2- DETOX Digital

Felizmente e deliberadamente as pessoas estão optando por se afastar da tecnologia nos finais de semana ou em situações que sentem desejo de aproveitar o momento. Isso não significa que diminuirá o uso das redes sociais e da tecnologia, entretanto as pessoas que querem ser mais saudáveis, tendem a largar do celular por alguns períodos de tempo para se encontrarem emocionalmente e espiritualmente.

3- Fast Food orgânico

Cada vez mais cadeias de fast food começam a oferecer alternativas orgânicas e saudáveis. Este tipo de comida tende a entrar cada vez mais no mercado que anteriormente vendia somente junk food. Quem quer ser saudável só tem a ganhar com a acessibilidade que isso vai trazer.

4- Aumento de qualidade da comida

Com a ‘gourmetização’ das coisas, uma possível consequência é que tudo fique um pouco mais saudável. Procurar ingredientes poderosos para fazer um arroz e feijão (quinoa, ervas, etc.) já é realidade para muitas famílias. Isso tende a aumentar a medida que as pessoas procuram cada vez mais ingredientes diferentes e que fazem bem.

5- Paz espiritual e boa forma dentro de casa

Cada vez mais está difiícil pegar o carro e ir a uma academia ou a um bom lugar para meditar. As pessoas, no meio da semana e na correria do dia a dia estão sendo criativos para manter a saúde física e mental dentro de casa. Aplicativos de celulares, trilhas sonoras para meditação e MUITO conteúdo sobre o assunto ajudam nessas tarefas sem precisar sair de casa.

6- Alternativas de emagrecimento

Existe uma tendência forte e já um grande número de pessoas entendem que uma vida saudável é mais importante que emagrecer. Perder peso nesses casos é uma consequência de uma vida saudável. Pouco tempo atrás as pessoas acreditavam que ao emagrecer estariam mais saudáveis. Agora o foco de antes (que era emagrecer) tornou-se a consequência. Os papeis se invertem em 2016.

7- A volta triunfal dos grãos

Uma porção de grãos que até pouco tempo atrás eram colocados de lado hoje estão voltando com tudo. Principalmente os grãos sem glúten que estão a todo vapor sendo consumidos pelos mais preocupados com a saúde. Exemplo de grãos sem gluten: linhaça, milho e amaranto.

8- O revolução dos leites

Cada vez mais as pessoas apresentam alergias a substâncias encontradas no leite e no queijo. Cada vez mais eles ficam mais artificiais. Estamos encontrando cada vez mais motivos para NÃO beber leite de vaca ou consumir alguns tipos de queijos processados. Existem já inúmeros produtos com que são livre de lactose, bem como já existem diversas outras formas de se fazer leite. Temos leite de coco, de amêndoas, de nozes, de soja e uma porção de outras opções que já começam a aparecer nas cafeterias e prateleiras de lojas especializadas.

9- A prioridade são as vitaminas

Vamos continuar injerindo nossas vitaminas. E de forma cada vez melhor, mais acessível e mais confável. Sheiks naturais, superfoods em pó, temperos prontos de comida, sucos com nenhum processo industrial (prensados a frio) são novas formas de ser saudável que permitem qualquer um comer alimentos que não são fáceis de inserir na alimentação.

10- Os transgênicos que se cuidem

Os organismos geneticamente modificados estão cada vez mais nos radares da transparência pública e das pessoas mais atentas com a saúde e a sustentabilidade. Muitos países já estão com leis agressivas contra estes alimentos e os pesquisadores estão correndo contra o tempo para tornar todo o processo mais ‘amigo’ do meio ambiente e do destino da humanidade.

11- Fornecedores locais em alta

Muitos já estão reconhecendo a qualidade dos fornecedores locais. As pessoas já tem consciência que comprar certos alimentos no mercado não é nem um pouco sustentável e muitas vezes estão deixando a qualidade e saúde de lado. Quem experimenta uma cenoura de mercado e uma cenourinha orgânica vendida na feira orgânica da cidade não quer mais saber de comprar estes tipos de alimentos no mercado convencional.

12- Matcha é o novo verde

Uma alternativa mais saborosa que o chá verde já está sendo reconhecida com um novo antioxidade (melhor até que a goji berry) ótimo para substituir o café de vez em quando e para cuidar da saúde. Saladas, bolos e temperos já estão vindo com esse chá extremamente poderoso.

E aí?! o que achou das predições? Qual sua favorita? Tem alguma que não está na lista? Deixe sua opinião e venha conosco fazer de 2016 o melhor de todos os anos…!

Em destaque
Post recentes
0

© 2014 por Minimercado QDC - Questão de Comida. Aviso legal da empresa.

Ponta Grossa - PR. Rua Alberto Torres, 76 - Vila Estrela - CEP 84040-190 - como chegar

Telefones: (42) 3323-7710 ou (42) 99954-5344